Namoro Cristão a Distância



Meu amor, te amo há exatamente 1 ano e 5 meses, mas posso jurar que já nasci com o propósito de te fazer feliz! Fiquei pensando por horas em nossa trajetória e isso só me fez ser mais grata a Deus por ter nos unido com tanto amor. Pensei em escrever um livro aqui para eternizar a nossa história, mas como sei que está fazendo isso não vou dá spoiler, rs. Então, reproduzi um de seus poemas que me fazem chorar por refletir com tanta verdade os nossos momentos. Eu amo te amar, meu amor!
(Poema que retrata o nosso namoro a distância)
“Essa noite você me surpreendeu, eu estava aos prantos, desesperado não havia nada que pudesse me consolar, não havia nada…
Chorei não sei o motivo ao certo que me levou a um súbito desespero emocional, muitos porquês atingiram-me de forma avassaladora.
O silêncio foi interrompido pelos meus soluços, uma dor descomunal fez o meu coração gemer de dor…
Alguém em algum momento me disse: é simples, desista e encontre um caminho mais fácil de se chegar.
Confesso que fiquei pensando por horas nesta tese tão covarde e insana que me propuseram.
Desisti de tantas coisas ao longo do tempo, coisas estas que não me faziam bem, e por que desistir de algo que inflama em nosso peito?
Pestanejei, meus olhos inundados de lágrimas, minha vida se esvaindo, você me surpreendeu…
Chegou, não sei ao certo se sonhei, se foi uma alucinação no meu estado febril; você me surpreendeu…
Tocou-me a face, suas mãos eram como o algodão, tão macia e numa voz tranquila e suave me disse: Amor, não chore. Eu estou aqui, de um jeito jocoso meu semblante modificou-se, quando fixei os meus olhos em você, pude perceber que você estava chorando…
Perguntei a você – Por que choras? – Porque eu o amo e tenho sofrido tanto quanto você – sussurrou.
Os porquês não se fazem presentes agora, eu no meu egocentrismo e egoísta achava que o meu amor era insondável e que não havia reciprocidade mútua.
Pestanejei e me senti péssimo pela minha conclusão precipitada, um mero equívoco.
Você deitou-se ao meu lado e disse-me: -feche os seus olhos e durma um pouco, eu não sairei daqui.
Senti o teu corpo ao meu, o teu abraço fez-me repousar tranquilo.
No dia seguinte, compreendi que eu estava criando e alimentando os meus próprios monstros com o meu eu.
Você provou-me que você sempre esteve e estará aqui, comigo, eu só preciso ter a sensibilidade para senti-la.
Você me surpreendeu. Eu a amo, pois o teu amor é o meu mantimento, a minha fé, o meu auxílio em Cristo.”

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com